Cidadania Italiana… Já na Itália!

Quase um mês depois do primeiro post, agora já na Itália, vamos à segunda parte do meu projeto de reconhecimento da minha cidadania italiana.

Primeiro devo dizer que apesar de ter considerado vir sozinha e tentar por conta própria dar início ao processo aqui, eu coloque alguns pontos na balança que me fizeram optar pela contratação de uma assessoria: non parlo una parola di italiano (tá bom, eu sei falar isso, grazie e ciao, mas só…); nos fóruns sobre o assunto senti uma dificuldade do pessoal em alugar residência, já que tem que dar um adiantamento de 3 a 6 meses do valor do aluguel e confirmar o limite de registro anagráfico do local; um dos meus documentos estava com o primeiro nome da sogra do meu bisavô diferente em duas certidões, o que gerou certa insegurança.

Das empresas que analisaram meus documentos, a Polentona foi a que combinou mais com o perfil da minha situação. Eles dão hospedagem pelo tempo que demorar o processo, as respostas às minhas dúvidas não demoravam mais que 4-5 dias e fizeram o esforço de argumentar com o comune a situação dos nomes divergentes antes mesmo de eu ter mencionado que iria fazer com eles. Até pediram uma certidão de nascimento mais recente do meu bisavô italiano ao cartório de Mogliano Venete, onde meu antecedente nasceu. Achei uma boa prestação de serviço, então fechei.

A Polentona trabalha no comune di Pavia, na região de Lombardia, a 40 minutos de trem de Milão. Eles foram inclusive me buscar no aeroporto de Malpensa, o que é um bônus quando se chega cansada depois de 12 horas de vôo. Cheguei sexta passada, aproveitei sábado para ir no Fuorisalone 2014 que estava acontecendo naquela semana em Milão, domingo explorei a cidade e já na segunda dei entrada nos documentos.

Em nota: você não precisa entrar com o processo de pedido de reconhecimento da cidadania na cidade onde seu parente ‘jus sanguinis‘ nasceu. Pode ser feito em qualquer cidade na Itália.

A assessoria estava com todos os meus documentos preenchidos já, só faltava fazer fotocópias do meu passaporte (página da foto e do carimbo de entrada feito quando passamos na imigração para entrar no país), então eles me pegaram e já fomos tirar meu código fiscal – necessário tanto para dar entrada no processo junto à prefeitura, quanto para aquisição do chip de telefone.

O segundo passo foi pedir minha residência na prefeitura, dando o endereço do apartamento da Polentona onde estou hospedada como meu endereço na Itália. Esse processo normalmente exige que um guarda municipal (vigile, como é chamado) confirme que você realmente está morando onde alegou, então eles tem um período de até 30 dias para ir até sua nova casa ver se você realmente mora lá – a visita não é agendada e pode acontecer inclusive durante a madrugada, por isso geralmente aconselha-se que até a ida do vigile,  a pessoa fique em casa. Mas felizmente a assessoria tem um bom relacionamento com a prefeitura e como eu estava presente no momento da solicitação da residência, a visita não foi necessária.

Estou dividindo um apartamento de um quatro, sala, cozinha e banheiro com duas outras brasileiras que vieram com o mesmo objetivo. E a Polentona tem outros apartamentos, ou casas, na cidade hospedando outros brasileiros.

Foi preciso assinar uma procuração dando poderes específicos à assessoria para dar entrada no processo em meu nome, acompanhar as informações e retirar a cidadania obtida ao final. Mas em pouco mais de uma hora tudo já havia sido feito. Agora é só aproveitar Pavia e esperar…

Até esse momento não paguei nenhuma taxa adicional, estava tudo incluso no valor. Terei somente que pagar a emissão da carteira de identidade (aprox. Eur 5,00) e a emissão do passaporte italiano (aprox, Eur 95,00), mas somente após o reconhecimento da cidadania estar finalizado.

E falamos em reconhecimento porque a cidadania obtida é retroativa, não somente a partir da finalização do processo. Ou seja, o documento é emitido dizendo que você é italiano e ponto – desde que nasceu! Capisce? 😉

Leia também o primeiro post… e os finalmentes!


29 comentários sobre “Cidadania Italiana… Já na Itália!

  1. Menina, estou aqui na luta para acrescentar um “c” no meu Vechia, pois o cartório errou o nome do meu avô. Quando eu chegar neste ponto que vc está, com certeza vou chorar de emoção. Que sua boa sorte continue. Parabéns.

    Curtir

    1. Oi Eliana, meu sobrenome original era com dois Ts e ao chegar no Brasil ficamos com um T só… Mesmo assim não tive que corrigir nada! Acho que eles entendem essas pequenas diferenças de digitação. E boa sorte para você também!

      Curtir

    1. Oi Maiara! Como a assessoria que contratei para me ajudar no processo de reconhecimento de cidadania incluía no acomodação no contrato, não precisei alugar apartamento por conta, então infelizmente não tenho esta informação. Boa sorte!

      Curtir

    1. Oi Sergio! Desculpe a demora, mas eu estava em um local com pouco acesso à internet 😦

      Eu sei que ainda não escrevi a última parte da saga para obter o reconhecimento da minha cidadania italiana, mas infelizmente ainda não acabou. Fiquei os 3 meses na Itália e pretendia sair de lá com meu passaporte (e carteira de identidade), mas a pessoa responsável pelos procedimentos na comune de Pavia sofreu um infarto e emendou com férias bem na época do recebimento da minha não-renúncia, e como eu tinha outros compromissos, saí de lá sem meus documentos.

      Recebi faz duas semanas aqui no Canadá o comprovante da cidadania juntamente com minha certidão de nascimento italiana e dei entrada pelo consulado italiano de Toronto. Como eles disseram que deve demorar em torno de 30 dias, assim que eu receber meu passaporte escreverei meu último post contando essa experiência e como fazer caso não espere até o final do processo na Itália 🙂

      Obrigada por visitar o blog e em breve postarei mais novidades!

      Curtir

  2. Oi Luciana tudo bem? estou iniciando o processo de cidadania italiana, meu avô é italiano, nascido e casado na itália. Será que você pode me tirar algumas dúvdas:

    1) Estou em contato com o pessoal da Polentona, a assessoria lhe foi útil, as acomodações foram OK, posso confiar 100% neles?

    2) Como funciona essa certidão de nascimento italiana que você obtem após a cidadania, uma vez nascido no Brasil?

    obrigado

    Curtir

    1. Oi Leandro! As acomodações eram OK. Nada demais! Como fui sozinha, dividi quarto e apartamento com mais duas meninas (sim, todas no mesmo quarto). Mas a assessoria foi excelente! Não tive que mexer nenhum dedo ao chegar em Pavia…

      A certidão de nascimento é retroativa. Aparece que você é um italiano que nasceu no Brasil, com todas as informações de data e local de nascimento como mostra na sua certidão brasileira 😉

      Junto com a certidão de nascimento, você recebe um certificado de cidadania e é com ele que você tira seu passaporte.

      Boa sorte!

      Curtir

  3. Eu não encontrei a certidão de meu antenato italiano aqui no Brasil, sei que em Pávia não é necessário.
    Mas para legalizar eles exigem a certidão de óbito também ?

    Curtir

    1. Oi Ivonei! Essa informação não vou saber te dar com certeza, pois eu tinha todas as certidões quando levei ao consulado italiano para legalizar, então eles não pediram nada a mais. Mas realmente em Pavia as certidões de óbito não foram necessárias… Boa sorte!

      Curtir

  4. Oi, eu estava querendo fechar com a polentona também, queria terminar o processo por procuração porém ouvi alguns comentários dizendo que isso é ilegal e fiquei com medo, eu consigo ficar na Itália durante uns 25 dias, vc acha que é confiável ? E quais documentos vc conseguiu tirar dessa maneira ( identidade, passaporte , certidão nascimento italiana) ?

    Curtir

    1. Oi Bruna! Eu acabei tendo que ir embora da Itália antes da chegada da comprovação da não-renúncia e emissão do meu passaporte (que acabei fazendo em Toronto) e não tive nenhum problema. Desconheço o fato desta prática ser ilegal, mas se realmente é, já foi… Rsrs. Eu obtive o certificado de cidadania, certidão de nascimento italiana e passaporte, que tirei no Canadá. A carteira de identidade você somente poderá pedir se estiver com residência na Itália e deverá comparecer pessoalmente – após a confirmação da cidadania. Boa sorte!

      Curtir

  5. Boa tarde Luciana, gostaria de saber se tu contrataste o Polentona para conseguir a certidão de nascimento do teu antenato, ou se não é necessário o Estratto di nascita para fazer a cidadania direto na Itália. Obrigada, aguardo retorno, Tati.

    Curtir

    1. Oi Tatiane! Meu pai já tinha a certidão de nascimento, o que foi uma mão-na-roda para mim… Para ser sincera eu nem sei se a Polentona oferece esse serviço, mas entre em contato com eles que são super profissionais. E boa sorte com seu processo!! 🙂

      Curtir

  6. Oi!
    Por favor, preciso uma ajuda 🙂
    Estou na Italia fazendo meu processo e quero saber sobre a procuracao que tenho que deixar para alguem aqui
    Como tu fez ela?
    Precisou ser registrada no consulado?
    Qual o objetivo dessa procuracao?
    Apenas fazer a mudanca de residencia?

    Obrigado

    Curtir

    1. Oi Paulo! Como eu fiz com assessoria, eles que ficaram responsáveis pela procuração… Eu só assinei mesmo. Com a procuração eles deram continuidade ao meu processo, obtendo atualização sobre o recebimento da não-renúncia em meu nome. A mudança da residência quem faz é você, solicitando a mudança no consulado da cidade/estado onde você passará a viver. No meu caso fui ao consulado da Itália em Toronto fazer a mudança da minha residência para solicitar o passaporte por aqui, porque eu já não ia mais voltar para a Itália 🙂 Boa Sorte!

      Curtir

  7. Bom dia Luciana,
    Acabei de levantar todos os documentos e vou dar entrada para fazer o processo da mesma forma que você, através do Polentona. Apenas uma dúvida (já que às vezes demora para eles reponderem): Durante o período que é necessário ficar na Itália, até sair a cidadania (eles falam em 15-20 dias), é necessário ficar em Pavia, ou pode ficar passeando pela Itália?

    Muito obrigado, seu relato foi bem esclarecedor.
    Roger Vincoletto

    Curtir

    1. Oi Roger! A Polentona recomenda somente que você fique em Pavia até receber o certificado de residência, o que leva uns 5 dias… Isso porque existe uma pequena possibilidade de quem confirma a residência ir até seu endereço verificar se você está lá mesmo. Mas depois disso pode passear à vontade 😉

      Curtir

  8. Olá Luciana. Tudo bem? Espero que sim. Feliz Ano Novo. Estou meoreparando para contratar os serviços da Polentona, que pelo o que acompanhei nas suas postagens, essa é uma Empresa que Inspira confiança. Porem tenho duas pequenas duvidas. A primeira é sobre se voce sabe se a empresa possui algum intermediário ou escritorio que preste serviço no Brasil com o nome de Luciano da Verona Viagens e Cidadania Italiana? A segunda é que eu resido em Boston-USA, e como percebi que você mora no Canadá e fez o seu processo por ai, voce saberia me informar se eu posso fazer o meu processo aqui por Boston e me dar algumas dicas? Muito obrigado. Adson

    Curtir

    1. Feliz Ano Novo, Adson!! Meu processo fiz com a Polentona lá na Itália… só o passaporte que eu pedi emissão aqui no Canadá. Não conheço essa empresa Verona Viagens e Cidadania Italiana, não. A Polentona tem um contato no Brasil, mas em Porto Alegre – contato é o Rudi e ele cuida da parte financeira. A Polentona oferece a opção de você ficar na Itália somente até obter o certificado de residência (no máximo 15 dias) e você deixa uma procuração com eles para que deem continuidade no seu processo em seu nome. Quando a não-renúncia sair, você pode ir no consulado italiano aí em Boston e pedir transferência da residência e emissão do seu passaporte – foi assim que eu fiz 😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.