Transferindo dinheiro para o Canadá

Sempre vejo o pessoal perguntando nas redes sociais sobre a melhor maneira de fazer remessas internacionais, então resolvi contar um pouquinho como eu faço. Pode não ser a melhor maneira para todo mundo, mas é a minha maneira… rsrs

Abri conta no Banco Itaú há pouco mais de 2 anos e a possibilidade de fazer operações de câmbio online foi a única razão por ter escolhido trocar de instituição financeira. E foi ótimo!!

Comecei com o famigerado cartão pré-pago como substituto do dinheiro, porque era mais prático e seguro, fazendo recargas direto da minha conta bancária pelo site do banco. Não precisava passar por nenhuma burocracia e o dinheiro caía na mesma hora. Depois que o governo anunciou a cobrança de IOF de 6,38% também para esse tipo de operação, que antes acontecia somente com as despesas internacionais de cartão de crédito, tive que procurar outra solução: abrir uma conta no TD Bank no Canadá.

O TD Bank foi uma escolha simples, pois tinha uma agência na esquina de onde eu estava. Esse foi meu critério!

Ao voltar para o Brasil tive uma conversa com minha gerente sobre como poderia efetuar remessas internacionais e ela me explicou com a maior alegria que eu poderia fazer direto pelo internet banking, precisando somente de um primeiro contrato de câmbio assinado na agência.

Solicitei minha primeira remessa preenchendo o formulário junto com a gerente, que me acompanhou no passo a passo. A segunda parte foi pedir aprovação do limite de valor para o total de remessas no ano, apresentando minha declaração de imposto de renda ao departamento de câmbio do Itaú. E apesar de chatas 5 visitas à minha agência para assinar diferentes formulários e papéis, eu finalmente estava com a operação online liberada.

E é fácil como qualquer outra transferência. Como eu tinha feito o primeiro contrato de câmbio na agência, meu banco no Canadá já estava cadastrado como beneficiário no site, mas caso não esteja, efetue o cadastramento da conta de destino como se fosse fazer um DOC ou TED.

Depois desse procedimento finalizado, clique sobre ‘Enviar recursos ao exterior’ na opção de ‘Cambio online – transferências em moeda estrangeira’.

Vai ser solicitada a senha do Token, que pode você pode receber via SMS, utilizando seu chaveiro para movimentação que recebeu do banco quando abriu a conta ou via iToken, que aprova operações com o código no aplicativo do seu celular.

Para fazer o cadastro do iToken no aplicativo do celular, você precisa fazer a aprovação do aparelho no caixa eletrônico, então certifique-se de fazer esse procedimento antes de viajar.

Bom, na próxima tela você já vai escolher a moeda e o valor que quer transferir… e aí tem um porém: você só pode assinar eletronicamente até US$ 3.000,00 (três mil dólares americanos). Não importa se você estiver efetuando a transferência em outra moeda, faça a conversão para o dólares americanos para ver se você está ultrapassando o limite.

Ultrapassar o limite dos US$ 3.000,00 para a operação online não significa que você não vai conseguir concluir a remessa, mas você precisará imprimir o contrato de câmbio e enviá-lo original à sua agência via correio, enquanto se a operação for até US$ 3.000,00, a assinatura é eletrônica e automaticamente vinculada à autorização de câmbio que você deixou assinada no Brasil. Caso queira que seu limite por operação seja maior que os US$ 3.000,00, tente falar com seu gerente. Não sei dizer se esse valor é regra do banco ou se depende do seu limite de transferências internacionais no ano.

Como estou enviando dinheiro da minha conta no Brasil para minha conta no Canadá, o motivo da operação é ‘Enviando recursos para sua conta’. Selecionando essa opção, o banco vai solicitar que você envie por e-mail uma cópia da sua declaração de imposto de renda. E sim, você vai ter que enviar uma cópia da sua declaração de imposto de renda à cada transferência (eles anexam ao contrato de câmbio e fecham a operação).

E não esqueça de marcar que você leu e está de acordo com o Termo de Responsabilidade, no quadradinho acima.

Próximo passo é escolher a conta de destino. Procure a conta que você cadastrou anteriormente na ‘consulta lista de beneficiários’. O preenchimento dos demais dados é automático de acordo com as informações do destinatário cadastradas anteriormente.

Você pode ficar ressabiado por estar autorizando as ‘Despesas cobradas por bancos no exterior’ e colocando a ‘Senha do cartão com 6 dígitos’ mesmo sem ter visto a taxa de câmbio que o Banco Itaú irá te cobrar pela remessa, mas não se preocupe que essa informação aparecerá em seguida e a transferência somente poderá ser concluída com seu aval final, conforme tela abaixo.

A nota que aparece no rodapé dizendo que a taxa cambial é válida por 2 minutos é real. Se você demorar mais que isso para concluir a operação, terá que começar tudo de novo…

Você está concordando com a assinatura automática do contrato de câmbio, o que significa que, de acordo com o Termo de Responsabilidade, você se responsabiliza por todas as informações digitadas. Ou seja, preste muita atenção!

A última tela vai confirmar a efetivação de envio, mas fica pendente de aprovação até que o departamento de câmbio receba uma cópia dos documentos solicitados anteriormente, neste caso a cópia da declaração do imposto de renda.

E apesar deste post ter ficado extenso, foi porque eu quis detalhar bem a operação para quem for fazer pela primeira vez. Porque depois que você se acostuma, os 2 minutos de validade da taxa cambial parecerão longos.

E não se preocupe em anotar o e-mail do departamento de contrato de câmbio que aparecerá nas telas acima, porque logo após concluir a operação no site, você receberá um e-mail confirmando os dados da transferência e pedindo que seu documento comprobatório seja encaminhando em resposta ao e-mail recebido.

Atualmente minhas despesas com o banco são R$ 115,00 pela remessa ao exterior, a taxa de câmbio do dia e os 0,37% de imposto pela operação. Menos que usando empresa de câmbio e certamente menos que usar cartão de crédito ou pré-pago!

Simples e indolor (quer dizer, indolor não é). Em até 3 dias úteis o dinheiro está na conta do TD Bank no Canadá, com o desconto da taxa de operação cobrada pelo banco canadense. E eu juro que não ganho um tico de comissão do banco Itaú pela propaganda gratuita… rsrs.


23 comentários sobre “Transferindo dinheiro para o Canadá

      1. Luciana, estou pra fazer a tal remessa pra o meu banco, so ficou uma dúvida… eles nao deram o valor do SPREAD do banco (lucro que em média custa 5%)? como eles mostram pra você as taxas que você pagou?

        Curtir

      2. Oi Bruna! Ao comprar a moeda internacional junto ao banco você já vai pagar a taxa cambial com o spread bancário… É como negociar a compra da moeda e qualquer casa de câmbio. A diferença aqui é a facilidade da operação online e o valor baixo da transação 😉 Até mais!

        Curtir

  1. Oi Luciana, tudo bem? Estou me programando para estudar em um college no Canadá à partir de janeiro de 2016. Juntei o dinheiro que precisava, saí da empresa que trabalhava e agora tenho muitas dúvidas com relação ao envio do dinheiro daqui do Brasil pro Canadá. Tenho conta no Banco do Brasil Estilo e Itau personnalité. Ficarei apenas com um desses dois para envio do dinheiro para me manter no Canadá. Saberia dizer qual dos dois atende melhor essa necessidade? Certamente abrirei conta em um banco Canadense. Então, vc sabe me dizer se tem alguma vantagem entre um desses dois bancos citados? Obrigado!

    Curtir

  2. Luciana, desculpa a insistencia no assunto, mas como foi que você informou no cadastro da sua conta do TD o numero IBAN? Os bancos no canadá não utilizam esse número, como você fez?

    Curtir

    1. Oi Bruna! Eu entreguei todas as informações do TD para minha gerente do Itaú e foi o departamento de câmbio que fez o cadastro… Depois de 10 dias eu conseguia enxergar o banco TD na relação de bancos cadastrados para remessa ao exterior. Eu não na verdade não diz nada… Rs.

      Curtir

  3. Parabéns pelo post Luciana!

    Estou me organizando para estudar em Setembro de 2016…Sei que o Itaú também manda dinheiro pelo BMO. Estou em dúvida se escolho o TD, o CIBC, O Royal bank! Diferente do Brasil eu percebi que há várias agencias centenária e que não existe um monopólio (like here)…

    Entrei em contato com o BMO e eles informaram que posso abrir uma conta daqui…Se alguém quiser abrir é só entrar no site deles e pedir o passo a passo.

    Tenho conta no Itaú também! Seu post vai ser de muita ajuda.

    Abraço!

    Curtir

    1. Oi Thiago! Que bom que o post vai ajudar… Realmente o BMO dá a opção de abertura da conta à distância. Sou cliente do TD aqui, mas eu abri quando estava no Canadá. Mas você consegue fazer as transferências internacionais entre qualquer banco, a vantagem que encontrei no Itaú foi a transferência online direito pelo internet banking… Uso até hoje sem problema algum 🙂

      Curtir

      1. Olá Luciana! Obrigado pela primazia na réplica!

        Tenho mais uma dúvida…Quando você faz a transação, vi que você colocou os valores das taxas cobradas pelos dois bancos, porém, gostaria de saber também qual é a cotação usada na transação, digo, é usado o dólar comercial do TD ou do itaú? Quantos dias o dinheiro leva para ficar disponível?

        Obrigado e sucesso!

        Curtir

      2. Oi Thiago! A cotação é a do Itaú, considerando o spread deles. As taxas adicionais são de movimentação e serviço, aí tem uma do Itaú (R$ 60,00) e uma do TD (CAD 17,50). O dinheiro normalmente fica disponível em 2 dias úteis 🙂

        Curtir

  4. Olá Luciana, vi que já lhe perguntaram sobre o número IBAN. Tenho conta no RBC e me passaram o sort code somente.
    Mesmo não sendo você que cadastrou, você não conseguiria ver quantos dígitos está preenchido o número neste campo IBAN? Se for 9 dígitos, é o sort code.
    O meu medo (e que o Itau está demorando muito pra ajudar) é que este sort code é um conjunto de números que identifica o banco e a agência somente, em nenhum lugar vai o número da conta.

    Se puder verificar agradeço (acho que eu não sou o único com esta dúvida).

    Att,
    Ricardo

    Curtir

    1. Oi Ricardo!! Meu número IBAN tem 15 dígitos, mas pode ser que seja uma combinação de duas informações diferentes. Mas não sei dizer se o IBAN tem um número definido de dígitos… talvez o RBC tenha uma numeração diferente do TD Bank 🙂

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.