Canadá: FSWP 2014 – Exame Médicos e Confirmação de Residência Permanente

Um sonho começa com um primeiro passo… Depois de juntar documentos, preencher formulários, passar pela infindável espera do PER, chegou a hora de fazer os exames médicos.

Eu li alguns fóruns com depoimentos bem engraçados de quem tinha passado já pelos exames médicos e um cidadão que tinha síndrome do pânico, gota e pressão alta diz que não teve problemas de passar pelo processo, o que me deixou mais tranquila… Rsrs. O governo do Canadá diz no próprio site que somente patologias que possam representar risco para a segurança ou saúde pública do país, ou que signifiquem um fardo ao sistema de saúde local, podem causar a negativa no processo, mas que dá um frio na barriga, isso dá… Recebi meu pedido médico dia 21/1/2015 e consegui agendar os exames para 28/1/2015.

Bom, você pode encontrar o médico para realizar os exames no site do CIC, em painel de médicos. Eu fiz com o excelente Dr. Ib Andersen, que é um daqueles médicos ‘das antigas’ que é difícil achar hoje em dia. O exame de urina e a consulta são feitos no consultório dele, que é credenciado pelo governo canadense para o e-Medical, o que significa que você não vai precisar levar aquelas 4 fotos que pedem no pedido de exame médico… Eles tiram foto e preenchem tudo lá, online!

A consulta foi bem completa! Ele perguntou do meu histórico, fez o check-up, questionou se já tinha feito alguma cirurgia e recebi orientação sobre os demais procedimentos. De lá me encaminhou para o laboratório Lavoisier em Moema, onde fiz coleta de sangue para verificar HIV e sífilis. E logo em seguida fui para o Fleury, também em Moema, fazer o raio-x do tórax para verificar calcificações ou tuberculose (desculpem aos familiarizados com termos médicos se não os estou utilizando corretamente, mas eu falava ‘tirar a pressão’ e ‘chapa do pulmão’  até pouco tempo atrás). Tudo demorou 2 horas, considerando que minha locomoção foi com transporte público em São Paulo, ou seja, razoavelmente rápido!

A mocinha do consultório do Dr. Ib Andersen pediu para que eu encaminhasse as senhas de acesso do Lavoisier e Fleury, pois ela iria consultar diretamente e completar o formulário médico para enviar para o Canadá. Dois dias depois da consulta recebi e-mail dela dizendo que meus exames médicos estavam completos e tinham sido enviados para o CIC em Ottawa. Agora eles passarão por uma última avaliação dos médicos no Canadá e pronto!

Pronto quer dizer que essa fase acabou! Agora você vai esperar o e-mail do consulado do Canadá de São Paulo com o pedido do seu passaporte, que tem essa cara…

Esse e-mail veio dia 05/2/2015, uma semana depois da conclusão dos exames médicos. Fui lá correndo pessoalmente logo no primeiro horário do dia seguinte e… dei com a cara na porta! O consulado de São Paulo tem atendimento ao público somente de segunda à quinta e em horários bem específicos.

E não se iludam em achar que a segurança que autoriza a entrada vai se sensibilizar com o fato de você ter dirigido mais de 1 hora só para ir até lá, ou com a falta desse detalhe no site. A indiferença ao seu sofrimento pode ser até traumatizante!

Então na segunda-feira seguinte, lá estava eu de novo às 09:33h para entregar meu passaporte. Para subir ao consulado, será necessário ditar ou apresentar o número do seu processo (aquele que começa com E). Aí sim você terá acesso à uma equipe que compreenderá sua urgência, ansiedade ou urticárias, pois eu já tinha marcado a passagem de vinda para o Canadá para o dia 13/2/2015 e foi só mostrar o bilhete que foi possível adiantar o retorno do meu passaporte para 2 dias, em vez dos 4 dias úteis que eles prometem de prazo… o que também não é nenhum horror!

Eu pensei em acampar na porta do consulado para aguardar, mas achei que podia ser muito dramático, então dois dias depois às 15:17h, lá estava eu (eu sei, cheguei tarde, né?). Foi a primeira vez que a segurança desalmada me reconheceu e mesmo assim me fez mostrar de novo o número do meu processo… mas desta vez ensaiou um sorriso.

Duas coisas me chamaram a atenção: apesar da instrução dizer para não dobrar a confirmação de residência permanente, é praticamente impossível. O papel tem uns 80cm e não existe um envelope no mundo que comporte… então ou você vai segurando ele aberto, ou vai dobrar. Eu dobrei sem fazer vinco! Outra coisa é a lista que eles pedem dos seus pertences, os que vão com você e os que poderão ir depois em outra ocasião.

O visto de imigrante é válido por um ano da data dos seus exames médicos ou da data de vencimento do seu passaporte, o que acontecer primeiro. Meu visto de turismo não foi cancelado.

Aí você deve estar pensando que eu sou louca de querer viajar para o Canadá no meio do carnaval e em plenos inverno, mas depois de ter passado por tanto processo, não é uma temperaturazinha de -25graus que vai me assustar, né? Rsrsrs…

 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.