Liberação da Cannabis no Canadá

No mês passado, o Canadá legalizou o uso da maconha para fim recreativo. O notícia não veio com muito alarde porque o uso medicinal da droga já era legalizado desde meados de 2001, mas a novidade trouxe outro problema: alta demanda.

A população do país já convivia com a presença da maconha sendo receitadas aos pacientes com problemas mais graves de saúde, como convulsões, ansiedade, insônia, dores agudas e até pacientes com câncer para ajudar a controlar náusea. Sua plantação e distribuição é controlada pelo governo do país, que regulariza desde a produção até a venda em lojas especializadas – as chamadas dispensarias.

Para adquirir a maconha para uso medicinal, o paciente precisava de receita médica, que era exigida nos pontos de venda para a criação de uma carteira de identidade do consumidor. Com a carteirinha em mãos, quem precisava da droga para continuar o tratamento podia comprá-la em qualquer dispensaria.

Mas a verdade era que o acesso era fácil aos mais ousados. Com a legalização da maconha para uso recreativo, o governo canadense pretende estreitar a regulamentação do consumo, enquanto garante melhor qualidade do produto. O que os atuais produtores regulamentados não esperavam foi o aumento instantâneo da venda da maconha legalizada, o que causou falta do produto em várias lojas. O que de maneira alguma significa que houve aumento do número de consumidores, mas sim uma evasão da compra ilícita.

Ótima notícia para as autoridades, que comemoram a redução do mercado ilegal, mas ruim para os pacientes que utilizam a maconha como tratamento alternativo e sofrem com a redução da disponibilidade do produto.

A compra continua sendo somente através de lojas autorizadas, o portador pode ter no máximo 30 gramas consigo ou para dividir com outra pessoa e são permitidas 4 plantas por residências – sim, é permitido plantar. A idade mínima em âmbito federal é 18 anos, mas cada província pode ter sua limitação, então verifique a legislação local.

Um detalhe importantíssimo é lembrar que não é porque a venda da maconha é legalizada no Canadá, o viajante pode vir aqui comprar e levar para casa. É proibido atravessar a fronteira do país, na entrada ou saída, portando qualquer quantidade de cannabis. Além disso, as leis são muito diferentes dependendo do país, onde pena por parte da droga pode ser prisão e até pena de morte! Então tenham cuidado.

 

Fonte: https://www.canada.ca/en/services/health/campaigns/cannabis/canadians.html


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.